Inacreditável: Furacão virou um time GIGANTE por ESTE motivo

Em franca ascensão, o Athletico uniu elementos importantes ao decorrer dos anos para se tornar um dos grandes clubes do futebol brasileiro. Um desses pontos foi a infraestrutura. Isso porque o Furacão passou por uma reformulação, com a entrada do presidente Mario Celso Petraglia, e uma proposta de modernização total.

Com a nova diretoria, o time apostou na década de 1990 na revitalização do CT do Caju e na Arena da Baixada, primeiro estádio brasileiro a ter naming rights. Além disso, também investiu na base. Uma parceria com o clube PSTC, de Londrina, rendeu a descoberta de nomes como Jadson, Fernandinho, Dagoberto e Kléberson.

Nas últimas temporadas, o clube ainda encontrou em outros jogadores importantes, como o lateral Renan Lodi e do volante Bruno Guimarães. Somado a isso, também houve a medida de adotar times alternativos no Campeonato Paranaense.

Em 2013, o Furacão resolveu utilizar apenas jogadores do time sub-23 no Estadual. Com isso, o elenco principal consegue ter uma pré-temporada mais longa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Os goleadores do Furacão

O Athletico tem uma das histórias mais bonitas do futebol brasileiro e isso só é possível graças a muitos gols marcados por craques e lendas que vestiram o manto do Furacão. Em 99 anos de existência, o clube da Baixada acumula artilheiros inesquecíveis na memória do torcedor.

Pensando nisso, o Notícias do Athletico montou uma lista do top-10 maiores artilheiros da história do Furacão. Confira:

1 – Sicupira: 157 gols (1968-1976)

2- Jackson: 143 gols (1944 -1950 e 1953-1954)

3 – Kleber: 124 gols (1999-2002)

4 – Marreco: 115 gols (1924-1934)

5 – Cireno: 114 gols (1942-1952)

6 – Valter: 106 gols (1962-1966)

7 – Paulo Rink: 80 gols (1990-1997 e 2007)

8 – Guará: 76 gols (1945-1952)

9 – Alex Mineiro: 65 gols (2001-2003, 2007 e 2009-2010)

10 – Adriano Gabiru: 65 gols (1998-2004)